Buddy Vet

Gato tossindo: 5 possíveis causas e como tratar

gato tossindo

Você viu seu gato tossindo e se preocupou com a situação? Embora a tosse nem sempre seja algo ruim, é comum se assustar e tentar se informar sobre o que pode estar por trás desse sintoma.

Se o seu gato tossiu apenas algumas vezes para se livrar de uma bola de pelo ou para limpar a garganta é completamente normal. Mas, a tosse persistente pode ser um sinal de alerta para uma série de problemas de saúde, como infecções respiratórias. 

Quer entender melhor o que pode causar a tosse em gatos e o que fazer para ajudar seu peludo? Continue lendo o blog da buddy.vet!  

Gato tossindo: o que pode ser?

1) Bolas de pelo provocam episódios de tosse nos gatos 

Os gatos são animais bastante higiênicos e as bolas de pelo são uma consequência natural dos hábitos de autolimpeza do pet. 

Os pelos acabam sendo ingeridos durante esse processo e acabam se acumulando no estômago, causando o que os especialistas chamam de tricobezoar gástrico, ou como é popularmente conhecido: ”bolas de pelo”.

Os gatos geralmente eliminam as bolas de pele tossindo e/ou vomitando. Isso evita que os pelos acumulados acabem causando um bloqueio intestinal. 

Isso ocorre cerca de uma vez por mês e você deve observar a bola de pelos expelida. No entanto, se o seu gatinho está tossindo e/ou vomitando com frequência, o ideal é buscar um veterinário para descartar outros problemas. 

Dica: escove o pelo do seu gato com frequência, forneça ração e petiscos de qualidade e mantenha seu pet sempre hidratado para evitar a formação de bolas de pelo.

2) Gato tossindo pode ser Asma Felina 

Você sabia que gatos também têm asma? O problema pode ser desencadeado por alergias a pólen, mofo, ácaros ou outros alérgenos que provocam a inflamação das vias aéreas quando inalados.

Se o seu bichano apresenta sons estranhos ao respirar (chiados), respiração acelerada, letargia e tosse, fique atento, são alguns sinais que podem indicar a asma.

Desconfia de asma? Chame um veterinário para analisar o quadro do seu pet, descobrir exatamente o que está causando o problema e prescrever o tratamento mais adequado. 

3) Gripe felina causa tosse em gatos

Os bichanos também ficam gripados, principalmente no outono e inverno. Assim como os humanos, os gatos também ficam mais propícios a doenças infecciosas respiratórias no tempo frio. Uma delas é a rinotraqueíte.

Os sintomas incluem: tosse, espirros, coriza, apatia e febre. Bem similar a gripe dos humanos, não é mesmo? 

Mas, perceber os sintomas da gripe pode ser uma tarefa difícil quando o assunto é sobre os felinos.

Por serem animais independentes seus tutores demoram mais a perceber alguma infecção. Bem diferente dos cães que demonstram muito mais quando estão com alguma patologia.

Se você suspeita de gripe felina, chame imediatamente um médico veterinário para avaliar o quadro do seu pet. 

A gripe em gatos pode ser prevenida por meio da vacinação, cuidados com a imunidade do pet e com o seu ambiente durante o ano todo. 

4) Pneumonia provoca quadros de tosse em gatos

Um quadro infeccioso como uma gripe não tratada, por exemplo, pode evoluir para pneumonia. Esse pode ser o motivo do gato tossindo.

Como essa é uma das causas mais graves de tosse em gatos, é fundamental que você busque ajuda de um veterinário qualificado o quanto antes.

A pneumonia pode causar dificuldade para respirar, tosse, secreção nos olhos e nariz, cansaço e perda de peso.  

A doença pode evoluir rapidamente e complicar ainda mais o estado de saúde do pet, por isso, é muito importante reconhecer que esta condição é uma emergência. 

5) Corpos estranhos 

Seu bichano pode ter inalado sem querer um objeto pequeno que ficou preso nas vias aéreas e está tossindo e/ou espirrando para se livrar dele. Às vezes, a inalação de corpos estranhos também pode gerar um processo inflamatório, causando a tosse.

Se o objetivo ficar alojado e o seu gato não melhorar, é importante entrar em contato com seu veterinário.

Quando devo me preocupar com o gato tossindo?

Assim como os humanos, os gatos também tossem de vez em quando, sem precisar de atenção médica. 

Mas, se a tosse for persistente ou você notar a presença de sintomas associados, como espirros, coriza, apatia e febre, entre em contato com um veterinário na mesma hora. 

O especialista deve fazer alguns exames para determinar o que está causando a tosse. Aspectos como estilo de vida, alimentação e histórico do paciente também são avaliados.  

O tratamento vai variar de acordo com a origem do problema, aliviando o sintoma de tosse. 

Felizmente, grande parte das condições que causam a tosse podem ser tratadas, controladas ou prevenidas por meio de vacinação. .

Gato tossindo sangue o que pode ser?

Se a tosse ocasional não é motivo para se preocupar, cuidado! Gato tossindo sangue é sinal de uma emergência em potencial.

Chame um veterinário imediatamente para cuidar do seu pet se ele estiver tossindo sangue. 

Algumas condições que podem provocar o quadro de tosse com sangue são:

  • Trauma;
  • Cânceres;
  • Infecções graves;
  • Envenenamento.

buddy.vet – veterinários em casa no Rio de Janeiro e São Paulo

Seu pet precisa de cuidados? A buddy.vet leva os melhores veterinários do Rio de Janeiro, Nova Friburgo e São Paulo até a sua casa para consultas, vacinas e exames.  

O atendimento domiciliar oferece uma consulta diferenciada ao pet, que não precisa sair do ambiente confortável do lar para ir até uma clínica, tornando a experiência muito mais agradável. 

Entre em contato através do Whatsapp no site ou baixe o aplicativo “buddy.vet“ para agendar o atendimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fundo transparente 100x100