Buddy Vet

Gata no cio: quanto tempo dura e o que fazer para acalmar?

gata no cio quanto tempo dura buddy.vet

Todo tutor em algum momento vai se deparar com a gata no cio. O período é algo completamente natural e podemos garantir: não há motivos para se preocupar. 

Apesar disso, é possível que o cio seja um período desconfortável para sua gata e para você devido às alterações comportamentais.  

Por isso, preparamos esse post com todas as informações que você precisa saber sobre o assunto. Incluindo as mudanças de comportamento, quanto tempo dura o cio e o que fazer para acalmá-la.

Vamos lá?  

Gata no cio

Toda gata não castrada eventualmente entrará no “cio”, termo popular usado para descrever o que os especialistas chamam de “estro”, um período caracterizado por mudanças hormonais que preparam as bichanas para a reprodução.

A gata no cio atinge níveis altos de hormônios reprodutivos, que caracterizam diversas mudanças no seu comportamento. 

Como saber se minha gata está no cio?

Você pode saber se a sua gata está no cio identificando algumas mudanças no seu comportamento. Uma gata no cio apresenta as seguintes características!

  • Super carinhosa. Se sua gata está mais afetuosa do que o normal, pode ser um sinal de que ela está no cio. Gatas no cio se esfregam em qualquer superfície, como chão, móveis e brinquedos de pelúcia, por exemplo, incluindo em você.
  • Higienização mais frequente dos genitais. A gata apresenta uma lambedura excessiva dos genitais, mesmo sem a presença de sangue.
  • Miado alto. Se sua gata é normalmente mais quieta e você observou que ela está miando mais alto e com maior frequência, é provável que ela esteja no cio.
  • Inclinação do corpo, elevando a parte de trás. Gatas no cio frequentemente assumem uma posição de cópula, estirando o tronco para frente e estendendo suas extremidades traseiras.

Quanto tempo dura o cio da gata?

O cio da gata é uma fase com diferentes etapas. A fase do cio é chamada de estro, quando a gata está pronta para o acasalamento e pode durar cerca de 7 a 14 dias. 

Em geral, juntando todas as etapas, o cio da gata costuma durar entre 7 a 20 dias. Essa variação de tempo pode mudar dependendo de estímulos ambientais. Por exemplo, se a fêmea continua na presença de um gato macho não castrado, o cio pode acabar se estendendo.

Quando acontece o primeiro cio da gata?

Geralmente, o primeiro cio ocorre durante a “puberdade”, que é entre os seis e dez meses de vida para uma gatinha.

Apesar da fase significar tecnicamente que a gata está pronta para o acasalamento, não é aconselhável permitir que ela engravide durante o primeiro cio. 

Seu corpo ainda está crescendo e ficar prenha pode levar a problemas de saúde.

Quantas vezes isso acontece por ano?

As gatas não tem um ciclo regular como de outros pets, como os cães. Isso significa que uma gata pode entrar no cio várias vezes por ano.

A duração do cio e os intervalos variam de acordo com o ambiente. Quando não ocorre o acasalamento, o ciclo do cio pode se repetir novamente em 15 dias em alguns casos. 

Gata castrada entra no cio?

A única maneira de evitar que o ciclo de cio se repita diversas vezes ao longo do ano — e também de acabar com o estresse que as características do cio pode trazer —  é através da castração. Gatas castradas não entram no cio.

Além de deixar a peluda mais calma, a castração da gata previne gestações indesejadas e, consequentemente, o abandono de uma ninhada de filhotes não esperados. 

No Brasil, atualmente, segundo a Organização Mundial da Saúde, existem mais de 10 milhões de gatos em situação de vulnerabilidade nas ruas. 

Vale ressaltar que o abandono de animais é considerado crime e pode resultar em prisão de três meses a um ano e multa. 

Por fim, a castração também reduz as chances de desenvolvimento de doenças mais graves, como tumores de mama.  

Como acalmar a gata no cio? 

As gatas podem gerar um certo incômodo para seus tutores quando estão no cio: miados altos e persistentes, propensas a tentativas de fuga e até mesmo agressividade, em alguns casos.

No entanto, o mais importante é ter paciência com sua peluda de quatro patas. Afinal, é um processo natural que ela não pode controlar.

Com paciência e os cuidados certos você e sua gatinha podem passar por esse período com o mínimo de estresse e desconforto. Confira algumas dicas para acalmá-la:

  • Compressas quentes: uma bolsa de água ou toalha aquecida na região da barriga pode ajudar sua peluda a relaxar;
  • Dê mais atenção: carinho e abraços podem deixá-la mais tranquila;
  • Estimule brincadeiras: correr, pular e outras brincadeiras podem ajudar a gastar energia;
  • Cuide para evitar fugas: mantenha as janelas e portas fechadas ou com telas;
  • Castre: entre em contato com um veterinário de confiança para agendar a castração no período mais indicado pelo especialista.

buddy.vet

Seu pet precisa de cuidados? A buddy.vet leva os melhores veterinários do Rio de Janeiro, Nova Friburgo e São Paulo até a sua casa para consultas, vacinas e exames.  

O atendimento domiciliar oferece uma consulta diferenciada ao pet, que não precisa sair do ambiente confortável do lar para ir até uma clínica, tornando a experiência muito mais agradável. 

Entre em contato através do Whatsapp no site ou baixe o aplicativo “buddy.vet“ para agendar o atendimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fundo transparente 100x100